A plataforma de streaming DAZN decidiu encerrar o contrato que tinha com a Conmebol para a transmissão exclusiva da Copa Sul-Americana. A informação foi confirmada extraoficialmente por pessoas ligadas ao negócio, mas não será divulgada de maneira oficial pelos dois lados.

Segundo apurou a Máquina do Esporte, uma brecha no contrato entre a Conmebol e o DAZN permitiu que o acordo fosse encerrado sem o pagamento de qualquer multa por conta da pandemia do coronavírus. Procurando readequar a oferta de conteúdo dentro da plataforma, o DAZN decidiu encerrar o acordo e buscar uma renegociação com a própria Conmebol em novas bases de valores.

RELEMBRE A TRAJETÓRIA DO DAZN NO MERCADO BRASILEIRO

DAZN chega ao Brasil com PSG e Cristiano Ronaldo

DAZN transmitirá Série C do Campeonato Brasileiro

Após acordo com ESPN, DAZN transmitirá Premier League

DAZN foca em esportes de nicho para crescer no Brasil

DAZN aproveita vácuo da Globo e compra Paranaense

DAZN transmitirá as próximas três temporadas do NBB

DAZN deixa de transmitir Campeonato Italiano

O caminho é similar ao que a plataforma adotou na Itália, onde renegociou com a liga local a transmissão da Serie A por conta da pandemia. No Brasil, o contrato com a IMG para transmitir a competição onde joga Cristiano Ronaldo também foi encerrado, assim como com a BeIn para exibir o Campeonato Francês.

O acordo com a ESPN para sublicenciar dois jogos por rodada da Premier League continua. Além disso, os campeonatos Turco, Mexicano e a MLS passam na plataforma.

A transmissão de futebol com a presença de times brasileiros deverá ficar para torneios que têm apelo de público, mas não custam tanto para serem comprados. Nesta quarta-feira, Athletico e Coritiba decidem o Campeonato Paranaense em jogo que só será transmitido na plataforma. Neste final de semana, também começa a ser transmitida a Série C do Campeonato Brasileiro. O acordo com a CBF prevê exclusividade e tem validade até o término do campeonato de 2022.

Por reunir clubes de diferentes regiões do país, a Série C tem gerado bom retorno para a plataforma na aquisição de assinantes. A ideia é que um jogo por rodada seja transmitido gratuitamente no canal do DAZN no YouTube e o restante seja fechado apenas para os assinantes. Isso tem ajudado a impulsionar as assinaturas.

A mudança de planejamento para a transmissão de futebol na plataforma reforça ainda a aposta que foi feita no basquete. O acordo com o NBB segue em vigor, assim como o de competições internacionais, como a Euroliga. O campeonato nacional de basquete deve se transformar num dos principais produtos do DAZN.

Já a Conmebol tenta vender a Sul-Americana, que tem retorno previsto para 27 de outubro, com mais nove datas para se jogar. Os times brasileiros no torneio são Vasco e Bahia, sendo que outros podem entrar se caírem na Copa Libertadores.

A tarefa da entidade continental não é das mais fáceis. No ano passado, o DAZN tinha aparecido como "comprador único" da Sul-Americana depois de ter fracassado a tentativa de vender o torneio para as empresas de mídia tradicionais no Brasil.

A plataforma de streaming teve de refazer o acordo que tinha de joint venture com a agência IMG para comercializar os direitos de mídia da competição, deixou de ser responsável pela venda e passou a ser o único comprador. 


Notícia Mídia Futebol DAZN Copa Sul-Americana Conmebol Bahia Vasco