arquivo

ESPN registra crescimento de 71% de audiência com finais da NBA

por Redação - São Paulo (SP)
A
A

Jogadores do Cleveland comemoram primeiro título da NBA

publicidade
publicidade
publicidade

A temporada 2015/2016 da NBA atingiu recordes de audiência para a ESPN na TV, WatchESPN e portal ESPN.com.br. Ao longo de toda a competição, mais de 4,2 milhões de pessoas com TV por assinatura foram impactadas pelas transmissões, com crescimento de 71% em audiência entre todas as faixas etárias e destaque para o público masculino entre 35 e 49 anos, que registrou índices de 125% de crescimento no comparativo com o ano anterior de acordo com o Kantar Ibope.

publicidade
publicidade

“É gratificante ver a crescente popularidade da NBA entre os fãs de esporte brasileiros e saber que fizemos a aposta correta quando decidimos transmitir a liga há mais de 25 anos, logo que iniciamos as operações da ESPN no Brasil”, destaca German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil.

publicidade
publicidade

A exclusividade na transmissão das finais rendeu crescimento da audiência em 72% no comparativo com as finais da temporada passada. A sétima e decisiva partida da série entre Golden State Warriors x Cleveland Cavaliers, disputada em Oakland, garantiu à ESPN a maior audiência dos últimos anos, superando o recorde anterior, também registrado nas finais da atual temporada com a exibição da quinta partida da série. Os números ultrapassaram as audiências da transmissão da final da Copa da Alemanha em 2016 e do SuperBowl 50, ocorrido em fevereiro.

publicidade
publicidade

A ESPN também registrou bons índices nos canais digitais. O WatchESPN, plataforma de vídeos simulcast e on demand, atingiu seu recorde de acessos desde seu lançamento, totalizando 52 mil usuários únicos na soma dos acessos via aplicativo WatchESPN e portal ESPN.com.br que acompanharam a transmissão da sétima partida da série, no dia 19 de junho.

publicidade

No dia seguinte à final da temporada, 18% de todo o tráfego de vídeo do portal teve origem do clipe com os melhores momentos da sétima partida, além de vídeos sobre LeBron James e análise dos comentaristas Eduardo Agra e Zé Boquinha, quando mais de 140 mil usuários assistiram aos vídeos do portal ESPN.com.br relacionados à decisão.

publicidade
publicidade
publicidade

Recentemente a ESPN anunciou a renovação dos direitos de transmissão da NBA para vários mercados, incluindo o brasileiro até a temporada 2024/2025. A partir da próxima edição, a ESPN passa a transmitir 170 jogos, 42% a mais que a atual temporada, exibindo partidas rodadas duplas às quartas e sextas-feiras, além de domingos. O novo contrato garante ainda o dobro do número de partidas transmitidas nos playoffs e a manutenção da exclusividade das finais.

publicidade

Lenovo renova patrocínio do Prêmio eSports Brasil 2020