O DAZN poderá vender o site especializado em futebol Goal.com nos próximos dias. De acordo com o jornal The New York Times, o fundo de investimentos TPG Capital, sediado em San Francisco, nos Estados Unidos, está com negociações avançadas para adquirir o site por cerca de US$ 125 milhões.

Nos bastidores, o DAZN tem revelado que já pretendia vender o Goal.com desde o final do ano passado, quando, inclusive, abriu negociações com a própria TPG Capital. O objetivo seria se concentrar apenas nos negócios relativos ao streaming, que atualmente é o carro-chefe da empresa.

Foto: Reprodução

No entanto, há cerca de dez dias, o Financial Times informou que o DAZN estaria em busca de injeção de capital para cobrir os prejuízos financeiros causados com a paralisação do esporte mundial por conta da pandemia do coronavírus.

Sem jogos ao vivo para mostrar, houve interrupção de pagamentos de mensalidades e uma queda substancial na base de assinantes, o que obrigou o DAZN a adiar pagamentos que deveriam ter sido feitos a diversos torneios de diferentes modalidades.

LEIA MAIS: DAZN pode estar em busca de investidor ou até de novo dono

De acordo com o The New York Times, a TPG Capital negocia por meio de uma de suas filiadas, que não teve o nome divulgado. Caso a venda seja concluída, o DAZN já teria se comprometido a continuar auxiliando o site ao menos durante um período.

Lançado em 2004, o Goal.com está disponível atualmente em 19 idiomas. O site foi adquirido pelo Perform Group, dono do DAZN, em 2007 por US$ 22,5 milhões. Depois, em 2018, quando o grupo dividiu os ativos para criar duas divisões separadas, o Goal.com, assim como o SportingNews e o Spox.com, foi alojado dentro do DAZN Group, que também inclui todo o negócio de streaming e as operações de parcerias de direitos globais.

Atualmente, a plataforma está presente em nove países (Alemanha, Áustria, Brasil, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Itália, Japão e Suíça), mas possui funcionários em outros 16 espalhados pelo mundo. No Brasil, o portfólio do DAZN conta com Copa Sul-Americana, Série C do Brasileirão, Campeonato Paranaense, Paulistão Sub-20, futebol inglês (Premier League, FA Cup e Community Shield Cup), italiano (Serie A, Serie BKT e Supercoppa Italiana), francês (Ligue 1, Domino's Ligue 2 e Coupe de La Ligue), turco (Süper Lig Toto), mexicano (Liga MX) e americano (MLS). A lista ainda inclui NBB, EuroLiga e Fórmula Indy.


Notícia DAZN Goal.com TPG Capital fundo de investimento compra venda mídia mercado streaming futebol estratégia gestão