A Daikin, multinacional japonesa que é líder mundial no segmento de ar-condicionado, decidiu estrear no marketing esportivo brasileiro para ganhar visibilidade e crescer no mercado nacional com uma maior identificação com os consumidores do país. Para isso, fechou um patrocínio com o piloto Rafael Suzuki, da Stock Car.

Foto: Divulgação

"A Daikin é uma empresa especializada em ar-condicionado, está presente em mais de 150 países e tem patrocinado equipes esportivas enraizadas na cultura de cada país ao redor do mundo. Foi assim com o rúgbi na Austrália e Nova Zelândia, com o críquete na Índia, o golfe no Japão, e assim por diante. Inaugurando sua unidade comercial no Brasil no ano de 2011, investiu na fábrica em Manaus em 2013 e tem crescido de forma sólida deste então. Agora, o momento é de mudar a marcha almejando um crescimento maior para o futuro e, assim, acelerar no desenvolvimento dos negócios. É com muita alegria que damos a largada juntamente com o Rafael Suzuki na equipe Full Time Sports", explicou Tomoji Miki, presidente da Daikin Brasil.

"Sinto muito orgulho em representar todas as marcas que estão comigo. O mesmo acontece agora, com o reforço da Daikin em uma temporada em que as expectativas são muito boas, esportivamente falando. Eles são uma multinacional gigante, de origem japonesa, que compartilha valores como tecnologia e alta performance que estão presentes no nosso esporte", celebrou Rafael Suzuki.

"Na Full Time Sports, temos o histórico de relações duradouras e vitoriosas com grandes empresas. E a chegada do Rafael Suzuki e de seus parceiros, como a Daikin, só agrega a isso. Estamos ansiosos com o início da temporada, para voltar a fazer o que mais gostamos depois desse longo intervalo", acrescentou Maurício Ferreira, chefe da equipe.

Este ano será o sétimo consecutivo de Rafael Suzuki na Stock Car, mas o primeiro na equipe Full Time Sports, que conta ainda com Rubens Barrichello, Nelsinho Piquet e o argentino Matías Rossi. Em 2020, a Full Time será a equipe oficial da Toyota Gazoo Racing, na estreia da montadora japonesa no campeonato, que voltará a ser multimarcas.

LEIA MAIS: Análise: Força da Stock Car está nas ruas

Por conta da pandemia do Covid-19, o início da temporada da principal categoria do automobilismo nacional, marcado para 29 de março, foi postergado. Depois, vieram novos adiamentos, e ainda não há uma data definida para a estreia. Nos bastidores, especula-se um possível retorno para a segunda quinzena de julho.


Notícia Daikin Rafael Suzuki Stock Car automobilismo patrocínio estratégia marketing visibilidade ar-condicionado gestão mercado