Cristiano Ronaldo, que negociou seus direitos de imagem

Cristiano Ronaldo anunciou, nesta segunda-feira, a venda de seus direitos de imagem ao magnata Peter Lim, de Cingapura, atualmente o principal acionista do Valencia.

Em mensagem publicada em sua página oficial, o jogador do Real Madrid assegurou que esta negociação foi “um movimento estratégico” para crescer, sobretudo no mercado asiático.

“Estou muito feliz por anunciar meu último acordo com a empresa Mint Medida, de propriedade de meu bom amigo Peter Lim, empresário de Cingapura, que adquiriu meus direitos de imagem”, afirmou o português.

Aos 30 anos, o atacante do Real Madrid afirmou estar confiante de que esse acordo irá permitir “levar a marca Cristiano Ronaldo a um novo nível especialmente na Ásia”.

Os direitos de imagem foram os protagonistas da última renovação de contrato de CR7 com o Real Madrid, em 2013. Na ocasião, clube e jogador entraram em um acordo para prolongar o vínculo até 2018. Pelo contrato, Cristiano Ronaldo manteve o controle de 50% de seus direitos de imagem, de acordo com informações divulgadas na época pela imprensa portuguesa.

 


Notícia Real Madrid Cristiano Ronaldo Direitos de Imagem Peter Lim Cingapura Negócios Ásia