No último sábado (11), o UFC inaugurou a "Ilha da Luta", em Abu Dhabi. E, para marcar o evento, a liga de MMA se uniu ao TikTok para realizar uma transmissão ao vivo com o lutador Vicente Luque e a criadora de conteúdo Isa Machado, tricampeã brasileira de Kung Fu, trazendo comentários sobre as lutas, além de curiosidades e informações sobre o universo do UFC. A ideia foi levar uma experiência diferenciada e ao vivo para os fãs do esporte.

Foto: Divulgação

"Assim como o UFC mobiliza milhões de brasileiros, o TikTok também leva mensagens de positividade e criatividade a todos. Acreditamos que essa junção, aliada à criação de um novo filtro comemorativo para este desafio, irá engajar nossa comunidade em torno de um tema muito bacana que é o esporte", explicou Rodrigo Barbosa, gerente de comunidade do TikTok no Brasil.

"O UFC está muito entusiasmado com essa parceria com o TikTok e com a oportunidade de levar uma nova experiência aos nossos fãs, que agora poderão interagir com atletas e produtores de conteúdo enquanto assistem a nossos eventos, além de poderem pela primeira vez usar um filtro do UFC na plataforma. Uma das prioridades da organização é levar aos fãs momentos e experiências únicas, e estamos muito felizes de poder fazer isso em uma rede de conteúdo com o alcance do TikTok", destacou Daniel Mourão, diretor sênior de marketing do UFC na América Latina.

LEIA MAIS: UFC fecha com Venum e substituirá Reebok em abril de 2021

Plataforma chinesa de vídeos curtos que virou um verdadeiro fenômeno durante a quarentena imposta pela pandemia do coronavírus, o TikTok arrebatou o esporte mundial nos últimos meses. No Brasil, todos os grandes clubes de futebol passaram a apostar na rede social, com o Palmeiras sendo o último a abraçar a ideia na semana passada. De maio para cá, os números de inscritos de times como Flamengo, Corinthians, São Paulo, Cruzeiro e Vasco cresce exponencialmente.

Ainda no Brasil, em dezembro do ano passado, o NBB chegou a fazer um acordo inédito para fazer conteúdo exclusivo para o TikTok. Pelo mundo, os times de futebol também fizeram seus perfis na plataforma. Um dos últimos a adotar a ideia foi a Juventus, há alguns dias, seguindo os já "experientes" Chelsea, Manchester United, Real Madrid e Barcelona, entre outros.

Até as próprias ligas europeias estão de olho na rede social. Em agosto do ano passado, para ativar a parceria com a Puma para a bola da competição e também o início da temporada 2019/2020, a LaLiga usou o TikTok.

Segundo dados publicados em abril pela plataforma de inteligência de marketing Sensor Tower, o TikTok foi baixado mais de 2 bilhões de vezes em todo o mundo na App Store e no Google Play. Apenas no primeiro trimestre de 2020, quando teve início a pandemia, o aplicativo foi o responsável pelo maior número de downloads de todos os tempos em um período tão curto: 315 milhões.


Notícia Mídia rede social plataforma TikTok UFC estratégia mercado marketing