A partida entre Flamengo e Liverpool, válida pela final do Mundial de Clubes de 2019 em Doha, no Qatar, no último sábado (21), foi a última transmissão de futebol da Globo no ano. Como não poderia deixar de ser, o jogo, que envolveu o clube de maior torcida do Brasil, alcançou números que foram celebrados pela emissora mesmo com a derrota rubro-negra dentro de campo por 1 a 0.

No Rio de Janeiro, a exibição da partida, que, além dos 90 minutos normais ainda contou com mais 30 de prorrogação, chegou a 41 pontos de média, com 74% de participação entre os televisores ligados no horário. A partida teve início às 14h30, horário de Brasília, e terminou depois das 17h por conta da prorrogação.

Foto: Reprodução / Twitter (@LFC)

Apesar do índice alto e considerado bom, a final do Mundial não chegou nem perto, por exemplo, do resultado obtido pela Globo no jogo de volta da semifinal da Libertadores, entre Flamengo e Grêmio, no Rio de Janeiro. A capital fluminense chegou a 52 pontos de média na partida disputada em 23 de outubro, que bateu o recorde de jogo mais assistido da história do torneio sul-americano no Rio.

Já em São Paulo, maior estado do país, mas que não tinha representante na partida, os números foram bem baixos. Em média, a Globo alcançou 26 pontos na capital paulista com 55% de participação.

Segundo a medição do Ibope, cada ponto de audiência alcançado equivale a 73.015 residências (ou 200.766 pessoas) na Grande São Paulo. No Rio de Janeiro e região metropolitana, cada ponto é equivalente a 46.175 residências (ou 118.440 telespectadores).


Notícia Globo Flamengo Liverpool Mundial de Clubes audiência mídia transmissão