Ao transmitir um dos jogos de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, vitória do Atlético de Madri sobre o Barcelona por 1 a 0, a Globo registrou 11 pontos e 26% de participação, audiência inferior em relação às oitavas de final, quando anotou 14 pontos e 30% de share na vitória do Barcelona sobre o Manchester City por 2 a 1.

De quebra, a Globo terá o desafio de elevar os índices da semifinal sem poder contar com o Barcelona. Eliminado, o clube catalão era fundamental para que as partidas rendessem boas audiências à emissora, principalmente por se tratar da equipe de Neymar.

Disputado na última quarta-feira (9), no estádio Vicente Calderón, em Madri (Espanha), o clássico somou, no total, 17 pontos (39% de share), uma vez que a Bandeirantes marcou seis pontos (13% de share). Os números, aliás, não são ruins, ainda mais se comparados aos anos anteriores. Em 2012, a vitória do Barcelona sobre o Milan por 3 a 1 contabilizou 16 pontos. Já em 2013, o empate entre Barcelona e Paris Saint-Germain em 1 a 1 cravou 15 pontos.

O triunfo do Atlético de Madri levou Globo e Bandeirantes, respectivamente, à liderança e vice-liderança no horário do futebol. A emissora paulista já havia atingido a segunda colocação do ranking no duelo de ida. Por outro lado, Record (12% de share) e SBT (11% de share), com cinco pontos cada, dividiram a terceira posição nesta faixa.  

De acordo com a pontuação do Ibope, cada ponto é equivalente a 61.952 domicílios sintonizados em São Paulo. Os dados de medição compreendem apenas a região metropolitana de São Paulo, referência para o mercado publicitário.


Notícia Barcelona Audiência Globo Liga dos Campeões da Europa Barcelona Atlético de Madri