Desde que o estado de alarme foi decretado na Espanha em 14 de março como consequência da emergência de saúde causada pelo alastramento do Covid-19, todos os 42 clubes que disputam a LaLiga (20 da LaLiga Santander (primeira divisão) e 22 da LaLiga SmartBank (segunda divisão)) vêm desenvolvendo algum tipo de iniciativa para amenizar os efeitos da crise gerada pela pandemia do coronavírus. Doações financeiras, material de saúde e alimentação, doação de espaços caso as autoridades exijam e até participação em torneios virtuais foram alguns dos gestos de solidariedade dos clubes espanhóis.

Com esse pensamento, três clubes decidiram fazer algo diferente. O Alavés, da primeira divisão, e Cádiz e Málaga, da segunda, lançaram camisas em uma iniciativa que reverterá todo o valor arrecadado com as vendas para ajudar no combate ao Covid-19. No caso do Málaga, por exemplo, a camisa passou a ser comercializada no dia 30 de maio. Em apenas uma semana, foram vendidas 1.550 unidades a € 9,95 (cerca de R$ 60).

Foto: Divulgação

"É um projeto social para ajudar as pessoas que estão sendo deixadas para trás em uma situação de emergência social por esse isolamento. Com o dinheiro que estamos obtendo, colocaremos nosso grão de areia para que muitas famílias de Málaga que estão em situação grave possam receber essa ajuda, na forma de alimentos básicos e produtos de higiene. Está sendo um verdadeiro sucesso, pois a resposta dos fãs tem sido incrível", contou Lucas Rodríguez, coordenador da Fundação MCF, que é tocada pelo clube espanhol.

Com o Cádiz, a situação não foi diferente. Em apenas 3 horas, quase 500 pedidos foram feitos, inclusive de diversos torcedores de outras equipes interessados apenas em ajudar uma boa causa.

Foto: Divulgação

"Queríamos homenagear o grupo de saúde - médicos, enfermeiros, auxiliares, cuidadores, etc. -, usando as cores branca e azul nas camisetas, pois são representativas desse grupo. Além disso, e graças às diferentes organizações que nos autorizaram a incluir seus logotipos e emblemas, estão presentes na camisa instituições como Farmacêuticos, Polícia Local, Polícia Nacional, Bombeiros, Operação Balmis, Guarda Civil e Proteção Civil. Todos ao redor do escudo do Cádiz", explicou Manuel Vizcaíno, presidente do clube.

Por último, o Alavés também quis homenagear os profissionais de saúde na camisa, que traz na frente o nome da "OSI Araba", rede de saúde das províncias de Vitória e Álava. O clube produziu a camisa também para o time de basquete e prometeu, inclusive, que utilizará o modelo em campo na primeira partida que disputar no retorno da LaLiga.

A camisa especial estará à venda nos próximos dias, com o modelo adulto a € 39 (cerca de R$ 235) e o modelo infantil a € 35 (cerca de R$ 210). Os recursos arrecadados serão destinados inteiramente à Organização Colegial de Enfermagem e servirão para o lançamento de diferentes projetos na seção de cooperação "Solidariedade Enfermeira".

Foto: Divulgação


Notícia Coronavírus Covid-19 pandemia camisas futebol espanhol solidariedade ação social marketing gestão Alavés Cádiz Málaga