O Chelsea conseguiu alcançar uma audiência de 7,5 milhões de pessoas com a transmissão, ao vivo, de um show sobre o clube nas redes sociais Weibo e Douyin (Tik Tok) na China. Filmado em um estúdio em Xangai, o show relembrou a conquista do título inglês na temporada 2004/2005 e teve a presença de músicos e influenciadores, além de imagens de bastidores, distribuição de prêmios e uma seção de perguntas e respostas com torcedores.

A atração ao vivo, que teve duração de duas horas, faz parte da segunda temporada do "China Chelsea Studio Series", uma série de conteúdos sobre o clube inglês exibidos na China. Toda a primeira temporada somada teve uma audiência de 35,5 milhões de pessoas, o que ajudou na conquista de mais de 2 milhões de seguidores para o Chelsea no Weibo nesta temporada. Agora, os Blues são o terceiro clube inglês com mais fãs na plataforma, com 7,49 milhões de seguidores no total, atrás apenas de Manchester United e Manchester City.

Reprodução / Weibo (Chelsea)

O evento também serviu como um marco histórico para as redes sociais chinesas, uma vez que foi a primeira vez que um clube internacional de futebol fez uma transmissão desse tipo tanto na Weibo quanto na Douyin.

Dentro de campo, o Chelsea estava na quarta posição na tabela da Premier League, limite de quem se classifica para a Champions League da próxima temporada, quando veio a paralisação por conta da pandemia do coronavírus. Na atual edição do torneio europeu, a situação do clube é complicada, já que foi derrotado em casa pelo Bayern de Munique, por 3 a 0, no jogo de ida das oitavas de final. A volta, na Alemanha, foi adiada devido à Covid-19.


Notícia Chelsea Weibo Douyin TikTok China live redes sociais audiência seguidores estratégia marketing gestão mercado