A CBS, rede de TV aberta mais assistida dos Estados Unidos, terá os direitos de transmissão da Champions League em língua inglesa para o mercado americano já a partir do mês que vem. Com isso, a emissora poderá exibir a retomada da temporada 2019/2020 do principal torneio entre clubes do mundo, assim como a temporada 2020/2021, que terá a fase de grupos sendo iniciada em outubro.

LEIA MAIS: Champions League terá Lisboa como sede e jogos únicos até final

LEIA MAIS: Movistar+ terá exclusividade da Champions na Espanha até 2024

A iniciativa faz parte de uma antecipação do acordo entre a CBS e a Uefa, que garantia os direitos à emissora a partir da temporada 2021/2022. A atual temporada e a próxima eram do portfólio da Turner Sports, que optou por colocar um fim prematuro ao contrato recentemente, abrindo, assim, caminho para a CBS.

Foto: Reprodução / Site (cbssports.com)

Segundo o site britânico SportsPro Media, o acordo antecipado também contempla a Europa League e a Supercopa da Uefa. Além das três competições, a CBS também terá direitos sobre a Conference League, uma espécie de "Série C" da Champions que estreará na temporada 2021/2022.

LEIA MAIS: Europa League terá Alemanha como sede e jogos únicos até final

Segundo o canal americano CNBC, todas as partidas estarão disponíveis no CBS All Access, principal serviço de assinatura de streaming da CBS, com alguns jogos sendo disponibilizados também no canal de televisão linear.

"Esta é uma aquisição histórica para a CBS, à medida que adicionamos o esporte mais popular do mundo ao nosso extenso portfólio de propriedades", celebrou Sean McManus, presidente da CBS Sports, em comunicado enviado à CNBC.

A CBS e a Univision, que é a parceira de transmissão da Uefa nos EUA em língua espanhola para a Champions League e a Europa League, devem pagar US$ 150 milhões por ano no contrato que terá início em 2021/2022 e irá até o final da temporada 2023/2024. Não foi revelado, no entanto, quanto a CBS pagará para cumprir o restante do contrato da Turner, que desembolsava US$ 60 milhões por ano, com a Univision bancando outros US$ 40 milhões.


Notícia Mídia Champions League CBS Turner mercado americano língua inglesa direitos transmissão estratégia gestão