A parceria entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o Twitter, que teve início em março, foi ratificada para as semifinais e as finais do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Dessa forma, as últimas seis partidas do torneio nacional serão transmitidas ao vivo pelo perfil do Brasileirão Feminino (@BRFeminino) na plataforma.

As semifinais da competição terão início já neste sábado (7), com a partida entre Avaí/Kindermann e Ferroviária. No domingo (8), Corinthians e Flamengo se enfrentam do outro lado da chave. Os jogos de volta estão marcados para o outro final de semana, nos dias 14 e 15 de setembro, respectivamente.  

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

"O futebol é um dos temas mais comentados pelas pessoas que estão no Twitter, e não é por acaso que os apaixonados pelo esporte ditam tendências e os assuntos que extrapolam a plataforma. Possibilitar que esses torcedores acompanhem tudo o que acontece em torno do campeonato (antes, durante e depois) com conteúdos exclusivos e de qualidade reforça o papel do Twitter de ser o lugar onde tudo acontece em tempo real", afirmou Mariana Romeu, gerente de soluções de parcerias do Twitter no Brasil.

"Essa parceria é fundamental para darmos ainda mais visibilidade para o Brasileiro Feminino A1 nessa fase tão decisiva da competição. Estamos muito felizes com os resultados alcançados junto com o Twitter", revelou Manoel Flores, diretor de competições da CBF.

De acordo com os envolvidos, o objetivo de disseminar ainda mais o futebol feminino por meio da parceria foi alcançado durante todo o ano. No decorrer do campeonato, houve cada vez mais conversas e engajamento por parte dos torcedores. Com a chegada da reta final, a expectativa é de que sejam batidos recordes de visualizações das partidas.

Vale ressaltar que os jogos entre Corinthians e Flamengo, que serão disputados nos próximos dois domingos, também serão transmitidos pela Band na TV aberta. A emissora paulista ainda exibirá os dois jogos das finais do torneio.


Notícia CBF Twitter Brasileirão Feminino futebol feminino mídia transmissão rede social