A Bundesliga anunciou, nesta segunda-feira (22), a venda dos direitos de televisão por quatro anos a partir da temporada 2021/2022. Por € 4,4 bilhões (€ 1,1 bilhão por temporada), a Sky e o DAZN dividirão a transmissão do torneio na Alemanha até a temporada 2024/2025. O valor é inferior ao último ciclo. Antes, também com a presença da Sky, a liga alemã havia acertado um acordo de € 4,6 bilhões.

De acordo com o site SportBusiness, a Sky adquiriu direitos de 200 partidas ao vivo por temporada, incluindo todas as partidas aos sábados e no meio de semana (às terças e quartas-feiras). Além disso, também conquistou os direitos de todos os jogos da Bundesliga 2, a segunda divisão do futebol do país. O DAZN, por sua vez, adquiriu 106 jogos ao vivo na Bundesliga por temporada, incluindo todos os jogos às sextas-feiras e domingos.

Foto: Reprodução / Twitter (@DFL_Official)

Ainda segundo a publicação, outros detentores de direitos que saíram vencedores no período que cobre as quatro temporadas foram o grupo de transmissão comercial ProSiebenSat.1, que ficou com os direitos de transmissão para nove partidas por temporada, e a emissora esportiva Sport1, que adquiriu direitos digitais não exclusivos para 33 partidas por temporada.

A Amazon, que há muito tempo vinha sendo apontada como dona de uma provável proposta pelos direitos, não terá nenhum pacote no ciclo de 2021/2022 a 2024/2025.

A diminuição dos valores está associada à crise do Covid-19 neste ano. Ainda assim, o contrato anterior havia representado um aumento de 85% no valor. Ou seja, a Bundesliga permanece com acordos substancialmente maiores que os assinados na primeira metade da década.

Vale lembrar que, também nesta segunda-feira (22), a Sky garantiu os direitos exclusivos de transmissão da Fórmula 1 na Alemanha, o que fará com que a categoria mais importante do automobilismo mundial não seja exibida em TV aberta no país pela primeira vez na história.

O DAZN, por sua vez, além da Bundesliga, também fechou os direitos da Champions League na Alemanha nas próximas duas temporadas. As aquisições são uma resposta após as notícias de que a plataforma de streaming não para de perder assinaturas por conta da paralisação do esporte mundial na pandemia, No Brasil, por exemplo, o serviço deixou de transmitir a parte final da temporada da Serie A italiana.


Notícia Bundesliga Sky DAZN mídia direitos transmissão mercado alemão gestão marketing