Nos dias que antecederam a rodada de volta do futebol alemão, no penúltimo final de semana, havia a expectativa de como os clubes tentariam manter o dinamismo da partida e a atenção do público de casa sem a presença das torcidas nos estádios. A rodada, a pedido da própria liga alemã (DFL), não apresentou qualquer iniciativa. Os jogos deste último final de semana, porém, trouxeram novidades para criar um ambiente de torcida nos estádios.

Alguns clubes promoveram formas de contagiar os jogadores, melhorar o ambiente vazio dos estádios e também prender a atenção do torcedor em casa. A ação mais "quente" foi do Borussia Mönchengladbach, que povoou seu estádio com manequins sentados com a foto de torcedores do clube, melhorando não só o ambiente do local como também a experiência de quem estava assistindo à partida de casa, pois visualmente o estádio aparentava estar com um bom público. Havia ainda "gritos de guerra" dos torcedores sempre que o clube atacava.

Foto: Reprodução

No sábado (23), o serviço de alto-falantes da Allianz Arena entoou músicas da torcida que embalaram a goleada do Bayern de Munique sobre o Eintracht Frankfurt por 5 a 2. Além disso, os telões exibiam torcedores do clube que assistiam à partida de casa.

O Wolfsburg, que foi derrotado pelo Borussia Dortmund em casa por 2 a 0, deixou bandeirões cobrindo as cadeiras da área central do estádio e aproveitou para ativar seu principal patrocinador, a montadora Volkswagen, com placas de publicidade no local.

Outra medida observada na rodada foi o aumento de interações dos clubes nas suas redes sociais antes, durante e após as partidas, em uma tentativa de cativar ainda mais os torcedores. Na televisão, as transmissões seguiram sem grandes inovações.


Notícia Bundesliga DFL Alemanha futebol retomada estádio torcida estratégia marketing gestão transmissão mercado