A Braskem, petroquímica brasileira que é considerada a maior do setor nas Américas, anunciou, nesta sexta-feira (23), o lançamento de uma campanha para apoiar os paratletas brasileiros que defenderão o país nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, no Peru. A competição teve início nesta sexta-feira (23) e terminará no próximo dia 1º de setembro.

Batizada de "Mais do que Para", a campanha busca ressignificar o termo "para" utilizado para denominar os atletas, com a intenção de ressaltar que eles são pessoas comuns, que treinam e vivem como todos os outros. Criado pela agência Africa, o vídeo mostra como os atletas não "param" de treinar, não "param" de se dedicar, não "param" de buscar o melhor em cada prova. Enfim, não "param".

O filme conta com a participação de integrantes da delegação brasileira em Lima, como Lorena Spoladore, Renato Spoladore, Vinícius Rodrigues, Raissa Machado, Yohansson do Nascimento e Claudiney Santos.

"Esta campanha é, na verdade, um chamado para que a sociedade mude seu olhar sobre o tema, enxergando os atletas como eles são: pessoas que não param", afirmou Ana Laura Sivieri, gerente global de marketing corporativo da Braskem.

Patrocinadora da equipe brasileira de paratletismo desde 2015, a empresa ainda fará aporte às transmissões do Parapan nos canais SporTV. O filme será veiculado durante toda a competição. A campanha também conta com inserts nas plataformas digitais Facebook, Instagram, YouTube, Teeds, Verizon e Seedtag.

"Acreditamos que o patrocínio à equipe de paratletismo materializa nosso propósito de melhorar a vida das pessoas criando soluções sustentáveis da química e do plástico. O investimento em inovação permite que muitas pessoas façam hoje o que há pouco tempo atrás parecia impossível. Ficamos muito orgulhosos de estar ao lado dos atletas em mais esta competição e esperamos que a campanha convide toda a sociedade a torcer por eles junto conosco", complementou Ana Laura.

Foto: Reprodução / YouTube (braskemsa)

A campanha ressalta também como os atletas do paratletismo levaram o Brasil a um patamar de potência no esporte no cenário continental e mundial, além de demonstrar o papel fundamental do plástico, produto no qual a empresa é especialista, no esporte paralímpico. A matéria-prima é usada na composição de próteses, tornando-as mais leves e confortáveis para os atletas e, consequentemente, ajudando-os a obter máxima performance. O patrocínio da Braskem apoia mais de 40 esportistas diferentes da equipe de paratletismo, nas provas de pista e de campo.

"Apesar das cenas de performance, o nosso olhar é totalmente voltado para tudo que não para na vida desses medalhistas: a alegria de competir e a vontade de continuar vencendo, como todo atleta", finalizou Sibely Silveira, diretora de criação da agência Africa.

 


Notícia Braskem Jogos Parapan-Americanos petroquímica plástico campanha patrocínio marketing mercado estratégia mídia SporTV