A paralisação do esporte mundial e as consequentes alterações nos calendários de praticamente todas as ligas esportivas do planeta fizeram com que alguns contratos de patrocínio chegassem ao fim sem que a temporada em si tenha terminado. Enquanto alguns clubes estão conseguindo manter parcerias por meio de uma pequena extensão de acordo, caso da New Balance com o Liverpool, por exemplo, outras estão simplesmente perdendo os patrocinadores.

LEIA MAIS: BBC transmitirá Premier League ao vivo pela primeira vez 

Nesta segunda-feira (1º), o Bournemouth, clube que disputa a Premier League na temporada 2019/2020, anunciou que, a princípio, encerrará o torneio sem patrocinador máster. Isso porque o contrato com o site de apostas M88 expirou no domingo (31), quando, em teoria, a temporada já estaria encerrada, e não será renovado.

Foto: Reprodução / Twitter (@afcbournemouth)

De acordo com o site SportBusiness, a parceria, iniciada em 2017/2018, rendia cerca de £ 5 milhões por temporada ao clube britânico. Nos bastidores, especula-se que um dos motivos para a não renovação é o fato da M88 estar sob investigação da Gambling Commission, órgão público responsável pela regulamentação e supervisão da lei de jogos de azar na Grã-Bretanha.

Para piorar, o time ainda poderá perder o patrocinador das mangas em breve. Isso porque o dono da propriedade é a operadora de jogos de azar Mansion Group, controladora de própria M88. O contrato para as mangas, assinado depois do acordo máster, também será encerrado nos próximos dias e também não deverá ser renovado.

Com a confirmação do retorno da Premier League em 17 de junho e nove jogos a serem disputados, o Bournemouth estaria pensando em exibir uma mensagem de agradecimento ao Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido pelo trabalho durante a crise do Covid-19 no lugar mais nobre da camisa, segundo o jornal Daily Mail. Nada oficial foi divulgado pelo clube com relação a isso até o momento.


Notícia Bournemouth M88 Mansion House patrocínio site de apostas encerramento marketing gestão mercado Premier League