A Premier League anunciou, nesta quinta-feira (28), que a temporada 2019/2020 será retomada no próximo dia 17 de junho. Além da notícia que, por si só, deixou os detentores de direitos de transmissão, os patrocinadores e os fãs empolgados, outra novidade chamou atenção no comunicado feito pelo CEO Richard Masters: a BBC, pela primeira vez na história, exibirá jogos ao vivo do torneio.

Uma das mais tradicionais redes de televisão do mundo, a emissora britânica detém os direitos de transmissão dos melhores momentos da Premier League, mas nunca passou um jogo ao vivo da competição. Para se ter uma ideia, a última vez que a BBC transmitiu uma partida ao vivo da elite do futebol inglês foi na temporada 1987/1988. Naquele ano, a Premier League ainda não havia sido criada, fato que viria a acontecer na temporada 1992/1993.

O Liverpool está com as duas mãos na taça da Premier League e deverá sacramentar o título pela primeira vez em sua história (Foto: Reprodução)

Como todos os 92 jogos restantes da atual temporada serão realizados com portões fechados, ficou decidido que os torcedores terão o direito de assistir às partidas em casa, seja pela televisão, seja pelo streaming. Na intenção de disponibilizar os jogos ao maior número de pessoas, optou-se por usar a BBC, que é um canal aberto, para transmitir ao lado dos canais fechados Sky Sports e BT Sport, além da plataforma de streaming Amazon Video Prime.

Pela divisão, a BBC exibirá quatro jogos por rodada, ou seja, 36 ao todo. A Sky Sports, que detém a maior cota de direitos, poderá transmitir 64 partidas. Dessas, 25 serão exibidas na PickTV, canal aberto que é propriedade da Sky UK. Estes confrontos são os que não estavam previstos na grade do canal fechado antes da pandemia.

A BT Sport, por sua vez, terá direito de transmitir 20 partidas, sendo que 12 delas não estavam previstas para o canal antes da pandemia. Por último, o Amazon Prime Video poderá exibir ao vivo quatro jogos adicionais. Haverá, é claro, confrontos transmitidos em dois canais ao mesmo tempo.

Apesar do acerto feito pela Premier League, os canais por assinatura (Sky Sports e BT Sport) não ficaram satisfeitos com o fato de ganharem uma concorrente na TV aberta. Antes que a decisão fosse tomada, os dois canais chegaram a cogitar transferir jogos para seus respectivos canais no YouTube e, assim, preencher os requisitos colocados pela Premier League para jogos gratuitos, ou seja, na TV aberta. A tentativa, no entanto, não funcionou, e a BBC terá partidas ao vivo pela primeira vez daquela que é considerada a maior liga nacional de futebol do mundo. 


Notícia Premier League BBC TV aberta mídia direitos transmissão estratégia mercado Sky Sports BT Sport Amazon Prime Video