Após exibir jogos históricos da seleção brasileira masculina nos últimos quatro finais de semana e ter uma partida da seleção feminina prevista para este domingo (10), Dia das Mães, a Globo decidiu mudar a estratégia de reprises nas tardes de domingo no futebol. Sem uma previsão concreta de quando a bola voltará a rolar pelo país, a partir do próximo dia 17 de maio a emissora adotará reprises de partidas de clubes, o que já vem sendo feito na Band, na Gazeta e também em canais por assinatura, como SporTV, Fox Sports, BandSports e TNT (Esporte Interativo).

LEIA MAIS: Globo fará nova aposta em reprises com Senna e futebol feminino

LEIA MAIS: Globo negocia com Fifa e reprisará final da Copa 2002 na Páscoa

LEIA MAIS: Audiência levará Globo a manter jogos da seleção aos domingos

LEIA MAIS: Globo reprisará final da Copa das Confederações de 2013

LEIA MAIS: Audiência desaba, e Globo apostará de novo em final de Copa

A novidade foi publicada pelo blog do Ancelmo Góis, no jornal "O Globo", e confirmada pela assessoria de comunicação do Grupo Globo. De acordo com a emissora, nos próximos dias serão definidas as reprises que irão ao ar. A nova estratégia deverá perdurar por pelo menos quatro finais de semana. 

Foto: Reprodução / Site (globoesporte.com)

A decisão de quais jogos serão exibidos em cada praça será tomada pela emissora regionalmente, diferentemente do que acontece na decisão de partidas que são mostradas na temporada regular do futebol. A tendência é de que São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco e Bahia, pelo menos, tenham reprises próprias.

Vale lembrar que, no próximo domingo (10), além do futebol feminino, com a final dos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro, entre Brasil e EUA, a emissora também apostará, pela segunda semana consecutiva, no carisma de Ayrton Senna, com a transmissão do Grande Prêmio do Brasil de 1991, primeira vitória do ex-piloto em casa, durante a exibição do Esporte Espetacular.


Notícia Mídia futebol Globo