O Bradesco renovou o contrato com a Confederação Brasileira de Vela (CBVela). O novo acordo será válido até os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio. Dessa maneira, a parceria com a entidade chegará a dez anos.

Em nota, o banco exaltou o longo prazo de seus compromissos esportivos. Com o acordo com a CBVela, serão três as confederações que completarão dez anos de patrocínio. O judô e o rúgbi, que teve contrato renovado recentemente, também farão uma década de aporte.

Uma aposta mais recente do Bradesco foi o Clube Pinheiros, mas com investimentos voltados às categorias de base. Nesse caso, as modalidades atingidas são o basquete, handebol, vôlei, judô, ginástica artística, esgrima, levantamento de peso e Triatlo.

O contrato entre CBVela e Bradesco será oficialmente apresentado na próxima semana, em evento marcado na nova sede da confederação, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro. O local, sede das regatas durante os Jogos Olímpicos de 2016, receberá também um “hall da fama” da modalidade.

O encontro, marcado para a manhã do dia 28, terá homenagem aos bicampeões olímpicos Torben Grael e Marcelo Ferreira, além da presença de outros atletas da modalidade.

A CBVela acertou ainda em 2016 um acordo com a BR Marinas, que administra a Marina da Glória, para montar uma nova estrutura no local, um dos cartões postais cariocas.


Notícia CBVela Bradesco