Emissora disponibilizou quatro cotas de publicidade para novo pacote

Emissora disponibilizou quatro cotas de publicidade para novo pacote

A partir do próximo sábado (12), o vôlei ganha novo meio de difusão em televisão aberta. O Esporte Interativo, especializado em cobertura esportiva, sublicenciou da Globo os direitos de transmissão dos principais campeonatos de vôlei no país, e a estreia será no confronto entre Pinheiros e Florianópolis, válido pela Superliga Masculina.

O principal objetivo ao buscar a modalidade era completar a grade de programação, que até então não tinha conteúdo de vôlei. "Do ponto de vista esportivo, temos cada vez menos lacunas, e do ponto de vista comercial, iremos usar essa capacidade para entregar pacotes diferenciados", afirma Maurício Portela, diretor-executivo do canal.

A princípio, o Esporte Interativo disponibilizou quatro cotas de publicidade para as transmissões. Até o momento, nenhuma delas foi vendida e não há detalhes sobre o andamento das negociações. Por estar em canal aberto, a emissora não conta com assinaturas, e portanto precisa de anúncios para rentabilizar o pacote licenciado.

A escolha pelo vôlei se deu justamente pela escassez de conteúdo sobre a modalidade na programação. No basquete, por exemplo, o Esporte Interativo não transmite jogos do Novo Basquete Brasil (NBB), também pertencentes à Rede Globo, mas exibe partidas da NBA e de seleções nacionais. A emissora opera no UHF 36 em São Paulo, parabólicas em todo o país e canais 515 da Oi TV e 48 da Embratel.


Notícia Superliga Mídia