Após investir pesado no basquete em julho do ano passado com o aporte aos times Universo/Brasília e Flamengo, além da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), o Banco de Brasília (BRB) anunciou, nesta quinta-feira (6), que é o novo patrocinador máster da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). O acordo foi divulgado em Florianópolis (SC), onde o Brasil enfrentará a Alemanha na Fed Cup.

Pelo contrato, que tem validade até o final de 2020, o BRB passará a ter os naming rights as equipes nacionais que disputam a Fed Cup e a Copa Davis. A instituição financeira custeará parte das equipes e ainda investirá em projetos das seleções de alto rendimento no tênis em cadeira de rodas, no beach tennis e em projetos de desenvolvimento de atletas, como o Encontro Internacional de Treinamento.

Por último, o BRB também patrocinará diversos eventos do calendário nacional, como o Circuito Nacional Infantojuvenil; o Brasileirão e a Copa das Federações; o Banana Bowl; o Sul-Americano GB1; e o Sul-Americano 14 Anos, que será realizado em Brasília (DF). No total, o investimento chegará a R$ 2 milhões.

Foto: Green Filmes / CBT

"É uma alegria muito grande anunciarmos o BRB como patrocinador máster do tênis do Brasil. O BRB, que já possui um histórico de investimento em outras modalidades esportivas, a partir de hoje passa a fazer parte de um momento ímpar do nosso tênis, em que as plataformas do nosso Programa de Desenvolvimento ao Alto Rendimento estão estruturadas. A CBT e o tênis brasileiro dão mais um passo rumo ao desenvolvimento pleno da massificação do alto rendimento de base, e nas diversas seleções de tênis, beach tennis e tênis em cadeira de rodas", celebrou Rafael Westrupp, presidente da Confederação Brasileira de Tênis.

"O ano de 2020 será marcado pela expansão nacional do BRB, sobretudo pelo meio digital. O patrocínio à Confederação Brasileira de Tênis representa uma parte importante desse processo de circulação e renovação da marca para além do DF, apoio ao esporte, sobretudo os que têm impacto estruturante, e relacionamento com clientes e empregados", disse Paulo Henrique Costa, presidente do BRB.

Com o acordo, o Banco de Brasília se junta a uma lista que possui Wilson, Peugeot, W A Sports e Maniacs Roupas Esportivas. Além dos patrocinadores, a CBT ainda conta com o apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).


Notícia Banco de Brasília BRB CBT Confederação Brasileira de Tênis patrocínio máster naming rights marketing investimento estratégia