Uma semana após garantir exclusividade na transmissão da Fórmula 1 para a Alemanha e tirar a categoria da TV aberta pela primeira vez no país, a Sky anunciou, na última sexta-feira (26), a renovação dos direitos de exibição para a Itália. O acordo vigente, iniciado em 2018 e que expiraria no final de 2020, foi prorrogado até o final da temporada de 2022. Em um terceiro grande mercado europeu, o Reino Unido, a emissora possui os direitos até 2024.

LEIA MAIS: F1 fecha com Sky e será exibida apenas na TV paga na Alemanha

LEIA MAIS: Contra discriminação, Mercedes terá carro preto na F1 em 2020

O novo contrato prevê que a Sky Italia continuará com a cobertura ao vivo de todas as sessões de treinos livres e qualificatórios em seu canal dedicado exclusivamente à F1. Outros campeonatos, como a Fórmula 2 e a Porsche Supercup, também serão adicionados à oferta da rede de TV paga. Vale ressaltar que, sob os termos do contrato atual, a Sky exibe pelo menos quatro corridas por temporada, incluindo o Grande Prêmio da Itália, em seu canal digital gratuito TV8, que também traz destaques de todos os outros Grandes Prêmios do calendário.

Foto: Reprodução / Twitter (@ScuderiaFerrari)

"Estamos felizes em continuar sendo um ponto de referência para todos os entusiastas do automobilismo. Passamos por um período de emergência saudável, com as devidas preocupações, mas sempre olhando para o futuro com otimismo. A Sky confirma que acredita na Fórmula 1, um dos pilares da nossa oferta esportiva, e que queremos continuar a aumentar o valor e contar a história com paixão, como sempre, pelo amor ao esporte a motor e de velocidade", destacou Marzio Perrelli, vice-presidente executivo da Sky Italia.

Após uma série de adiamentos por conta da pandemia do coronavírus, a temporada 2020 da Fórmula 1 terá início neste final de semana, com o Grande Prêmio da Áustria, marcado para 5 de julho. O calendário provisório tem, até agora, oito provas definidas, com "rodadas duplas" na própria Áustria e também na Inglaterra. O GP da Itália está previsto para 6 de setembro.


Notícia Fórmula 1 F1 Sky Itália mídia direitos transmissão TV fechada mercado marketing estratégia gestão