arquivo

Análise: A NBA é hoje a maior liderança do esporte

por Erich Beting - São Paulo (SP)
A
A

A recusa do Milwaukee Bucks em entrar em quadra para o jogo 5 dos playoffs da NBA é histórica. Ela mostra exatamente o poder transformador que o esporte pode ter na vida das pessoas. Mais importante ainda é o fato de a NBA dar suporte à decisão dos jogadores e ter ido além, adiando a rodada dos playoffs para reforçar o combate ao racismo.

publicidade
publicidade

Tudo o que a liga americana de basquete tem feito no retorno às atividades após a pausa forçada a coloca na liderança das transformações que precisam acontecer em nossa sociedade e, de forma mais importante ainda, no esporte.

publicidade
publicidade

Historicamente, as entidades esportivas sempre reforçaram a visão dominadora. Seja do homem opressor, seja do branco preconceituoso, seja do rico que não se importa com a pobreza. O esporte é um segmento apaixonante e que arrebata multidões. Mas sempre foi lugar em que o preconceito reinou.

publicidade
publicidade
publicidade

A tradição que é tão benéfica para ajudar a reforçar o laço de paixão com o fã também faz do esporte símbolo do atraso de parte da nossa sociedade.

publicidade
publicidade

É exatamente essa a barreira que a NBA tem quebrado neste mês. A liga decidiu abraçar a causa negra. E passou a ser uma incômoda voz para os preconceituosos que insistem em negar que exista preconceito racial ou, pior ainda, achar que a diferença de raça é motivo para diferenciar pessoas.

publicidade
publicidade
publicidade

Jogadores do Bucks comunicando a decisão de não atuarem na quarta-feira - Foto: Twitter/Bucks

publicidade

A NBA abraçou a oportunidade que a NFL perdeu em 2016, ao não ficar ao lado de Colin Kaepernick em seus protestos durante o hino dos EUA. E, com a experiência do que deu errado na liga de futebol americano, a liga de basquete traz a um novo patamar a discussão do racismo na sociedade.

publicidade
publicidade
publicidade

Numa época em que as empresas discutem cada vez mais a chegada à era do conhecimento e de que forma se relacionar de um jeito verdadeiro com o consumidor, a NBA abre o caminho para essa discussão dentro do esporte.

publicidade

A NBA é, hoje, a grande líder do esporte mundial. Já havia sido a primeira a parar a temporada na pandemia. Agora, serve de novo de exemplo aos outros. Haverá quem diga que a NBA deixou de lado o seu compromisso com os torcedores ao negar-lhes o direito de assistir às partidas. Mas ela prova, por outro lado, que sabe o papel que tem perante a sociedade.

publicidade
publicidade
publicidade

E entende que isso é o maior valor que ela pode entregar não somente para os seus consumidores.

publicidade

Clubes da LaLiga terão que encerrar acordo com casas de aposta até o fim da temporada