arquivo

Análise: Momento singular para o esporte

por Arthur Borelli - São Paulo (SP)
A
A
publicidade

Sempre que entramos num ano olímpico, o mundo se envolve de forma mais especial com o esporte. Aquelas modalidades com mais apelo de mídia parecem se renovar neste período, enquanto as outras, que costumam lutar por espaços, conquistam novos fãs, novos admiradores, praticantes e seguidores. Crianças e jovens, em especial, tendem a ser sempre o público-alvo, por significarem (e permitirem) renovação e longevidade.

publicidade
publicidade

E pensar que vivemos um momento ímpar, um ano olímpico que quase aconteceu. Chegamos a ver Tóquio-2020 perto até surgir a pandemia, provocando o (acertado) adiamento. Passados seis meses que o Brasil parou, estamos voltando a respirar e os passos da caminhada olímpica aumentarão, aos poucos, até julho de 2021. O mundo está precisando da vibração, da energia que só o esporte proporciona... É uma saudade sem precedentes de ver, praticar, torcer... sentir o esporte, não é mesmo?

publicidade
publicidade

Mas é importante pensar sobre as consequências, sobre o pós-pandemia. Refletir sobre os impactos na população mundial, ainda mais preocupantes quando falamos em crianças e jovens: emocional, social e, claro, físico.

publicidade

O isolamento social teve um sério impacto social. Crianças tristes, ansiosas, entediadas, emocionalmente abaladas, convivendo com sedentarismo e o ‘fantasma’ da obesidade pela falta de exercícios, e a ausência do convívio social, que pode afetar o desenvolvimento de valores como responsabilidade, autoestima, respeito e outros.

publicidade
publicidade

É fundamental o estímulo e a prioridade à atividade física, seguindo, claro, os protocolos e orientações das autoridades. É necessário que crianças e jovens voltem a sorrir, que sejam saudáveis, e que possamos estimular esta geração a serem pessoas melhores no futuro ou, porque não dizer, campeões na vida? Escolas, clubes, academias, centros de treinamento... todos devem refletir. E agir. Com urgência. Não falo de competições, mas de manter o corpo ativo, a mente saudável.

publicidade
publicidade
publicidade

Um ano olímpico, mesmo com a pandemia, é oportuno e singular para a reflexão e o posicionamento do esporte. É inegável a diferença que faz a presença de público no esporte. Que façamos também diferença para que crianças e jovens estejam em contato com o esporte o quanto antes. O esporte vai além da competição... Esporte é uma importante ferramenta de educação e transformação de vidas, de futuros, da sociedade.

publicidade

Clubes da LaLiga terão que encerrar acordo com casas de aposta até o fim da temporada