Nesta segunda-feira (18), a Máquina do Esporte informou como a Globo não conseguiu decolar a audiência de suas reprises de futebol nas tardes de domingo ao trocar a seleção brasileira por jogos históricos de clubes. Nem mesmo a estreia da nova estratégia com os times de maior torcida do país, Flamengo e Corinthians, alcançou o objetivo de alavancar os números. Mas, se a própria Globo não ficou satisfeita, teve empresa que, indiretamente, acabou recebendo uma "ajuda" substancial da emissora.

A Netshoes, uma das principais plataformas de e-commerce esportivo do Brasil, registrou um aumento de 67% na comercialização das camisas oficiais de Flamengo e Corinthians durante todo o domingo (17). Para o RJ, a Globo transmitiu a final da Libertadores de 2019, com vitória rubro-negra sobre o River Plate por 2 a 1. Já para SP, o torcedor corintiano pôde vibrar com a conquista do Mundial de Clubes de 2012, conquistado após vitória sobre o Chelsea por 1 a 0.

Foto: Reprodução / Site (shoptimao.com.br)

A camisa titular do clube carioca foi a que registrou maior aumento nas vendas rubro-negras. Já no caso do time paulista, os torcedores adquiriram o uniforme reserva em maior quantidade. Segundo a companhia, a camisa infantil do Flamengo também foi destaque.

Com a imensa maioria das lojas físicas de artigos esportivos fechadas em todo o país, a Netshoes tem registrado um aumento destacado nas vendas durante o período de quarentena que já se estende por mais de dois meses, mesmo com o futebol paralisado.

Em abril, por exemplo, houve um crescimento de 30% em vendas de camisas, chuteiras e acessórios nas nove lojas oficiais de clubes brasileiros operadas pela varejista, como São Paulo, Santos, Internacional, Chapecoense e Cruzeiro. Em comparação com abril de 2019, houve um impulso de 49% nos pedidos.


Notícia Netshoes Flamengo Corinthians Globo reprises mídia televisão vendas camisas impulso e-commerce marketing mercado