arquivo

Ação mais ousada: Esporte Interativo no futebol

por Redação - São Paulo (SP)
A
A
publicidade

Durante quase 20 anos, o Grupo Globo reinou sozinho na transmissão do futebol brasileiro na TV aberta, na fechada e no pay-per-view. A partir de 2019, porém, o reinado da emissora chegará ao fim, pelo menos na TV paga.

publicidade

O Esporte Interativo fez uma ousada investida sobre os clubes neste ano que passou. Após ser comprado pelo Grupo Turner, o canal, que já havia comprado os direitos de transmissão da Liga dos Campeões da Europa, passou a investir na aquisição dos direitos sobre partidas do Campeoanto Brasileiro, que tem a venda fatiada pelos clubes.

publicidade
publicidade
publicidade

O movimento gerou uma corrida entre Globosat e Esporte Interativo para fechar com os clubes. No fim do ano, o EI conseguiu sua maior vitória ao anunciar um acerto com o Palmeiras, que havia acabado de se consagrar campeão brasileiro.

publicidade
publicidade

Se o passo dado pela emissora vai resultar em direitos exclusivos ou repartidos com o Sportv para a transmissão de jogos ainda é impossível dizer. Mas o fato é que a investida sacudiu o mercado de direitos de transmissão na TV paga, que estava estacionado desde 1997, quando a Globosat comprou com exclusividade o Brasileirão. 

publicidade
publicidade
publicidade

Com a chegada do EI, os clubes tiveram um enorme aumento de receita já em 2016.

publicidade

Lenovo renova patrocínio do Prêmio eSports Brasil 2020